Inóculo Endomicorrízico – 50 plantas

15,00

Fungos endomicorrízicos para aplicar em plantas de raiz de nua à plantação nomeadamente em nogueira.

REF: ENDO Categorias: ,
- +
Partilhar:

Os fungos endomicorrízicos surgem na grande maioria de plantas. As endomicorrizas são uma associação simbiótica de fungos do solo com as raízes dos vegetais, ocorrendo mais de 80% das famílias das plantas.

Uma exploração eficaz dos recursos nos primeiros dias de transplante assegura um rápido crescimento, conferindo o vigor necessário para resistir aos agentes patogénicos e sobreviver a stresses abióticos. Se as jovens plantas ficarem sujeitas a grandes períodos de stresse, a taxa de sobrevivência é muito reduzida, havendo lugar a replantação com custos elevados.

Os fungos endomicorrizícos pertecem ao filo Zygomycota e são completamente dependes do seu hospedeiro para sobreviver, não sendo cultiváveis ou encontrados de forma individual na natureza. Estes fungos não provocam qualquer alteração morfológica da raíz.

As principais vantagens desta associação para o hospedeiro são:

  • Extensão do sistema de absorção das raízes: a fase extramatricial das endomicorrizas, estende e interliga o sistema radicular das suas plantas hospedeiras.
  • Produção de hormonas de crescimento da planta: as endomicorrizas são capazes de produzir inúmeros reguladores de crescimento, hormonas e outros metabolitos que alteram a fisiologia das raízes, o crescimento, desenvolvimento e morfogénese das plantas.
  • Proteção contra agentes patogénicos: os fungos simbióticos podem produzir componentes anti-fúngicos ou induzem na planta a produção de fenóis, ajudando-a a resistir aos ataques fungos patogénicos. A utilização de hidratos de carbono podem ser utilizados pelo fungo patogénico, e a constituição de uma barreira física nas raízes à infeção, são outras características que beneficiam o hospedeiro.
  • Absorção de vários nutrientes: Fósforo (P), Azoto (N), Cobre (cu), Potássio (K), Zinco (Zn), Cálcio (ca), Magnésio (Mg), Ferro (Fe), Manganês (Mn) e Boro (B).
  • Redução da absorção de metais pesados: alguns fungos endomicorrízicos têm demonstrado capacidade de reduzir a absorção e o transporte de metais pesados (Al, Cd, Cu, Mb, Ni e Zn) nas plantas pela imobilização dos mesmos nas suas paredes celulares, aumentando a resistência dos hospedeiros a locais poluídos.

Os hospedeiros do fungos endomicorrízicos são inúmeros desde plantas herbáceas a árvores florestais, passando pelas hortícolas. Mas por questões económicas são usados Nogueiras, Oliveiras, Videiras, Citrinos, Aveleiras, Cerejeiras, Ameixieiras, Macieiras, Pereiras, Amendoeiras, etc., também podem ser usados em frutas tropicais e plantas ornamentais.

Modo de aplicação:

  1. Aplicar o produção em 25 L de água;
  2. Misturar o produto com a água durante cerca de 15 minutos, mexendo até à obtenção de uma solução gelatinosa/granizada;
  3. Mergulhar as raízes das plantas na solução gelatinosa/granizada;
  4. Colocar as plantas no covacho;
  5. Tapar com terra.

Notas:

    1. A parte radicular da planta deve ficar completamente tapada com terra para que a inoculação seja efetiva.
    2. O uso de inóculos de bactérias e fungos de forma continua pode implicar ajuste nas quantidades de fertilizantes, estrumes, calcário, entre outros.
Peso 0.3 kg
Dimensões (C x L x A) 6 × 12 cm

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Inóculo Endomicorrízico – 50 plantas”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *